Health Center Wu Xing

Patricia Mello

Campo Grande / Barra da Tijuca / Recreio

(021) 98724 6284 (Oi) e WhatsApp
(021) 98242 0067 (Tim)

patricia.melloc@gmail.com

O Calor Verão e a Canícula (Parte I)

21/01/2015 09:31

 

 

Já tem muita gente reclamando dele, esse calor infernal que nos assola sem uma única gota do céu para amenizar. Impossível não ficar irritado, pele seca, sudorese, palpitações, cefaléia,sem contar a sede incontrolável, olhos vermelhos, cefaléias, boca aspera, cheia de aftas e gengiva dolorida. 

Dificil mesmo é manter a mente tranquila; o calor incomoda e incomodados ficamos aflitos, mais ansiosos, explosivos, um olhar atravessado e BOOOMM explodimos!

Vamos com calma pessoal! 

Em MTC  a Estação Verão traz consigo patologias de origem externa, apesar de não percebermos e acharmos natural, na verdade se trata de um desequilibrio provocado por Calor (Re): Calor-Vento, Calor-Canícula (Shu), Calor-umidade(Shi); este mais presente no finalzinho do verão.

Para prevenir os seus efeitos devemos tomar cuidado com a hidratação do corpo e principalmente com a alimentação.

Uma exposição acentuada ao sol, quando não ingerirmos líquidos podemos ficar suceptíveis a Canícula,que é um fator patogenico exclusivamente da Estação do verão. 

O sopro do Calor penetra  consomindo o Jin Ye (liquidos organicos) através da transpiração excessiva vai se instalando um quadro de Vazio de Qi. O suor é um subproduto do sangue pela transformação energética, assim o Qi é eliminado junto com os liquidos. Com a perda de liquidos (Jing ye) o desejo de beber água aumenta  ao mesmo tempo que sentimos dispneia, cansaço e podendo chegar até à ausencia de consciência, desmaio e inclusive ao óbito.

Por isso ao sair, ir a praia, fazer uma trilha, brincar no parque, dirigir,  proteja-se do sol o máximo que puder, tome um banho para hidradar a pele e fechar os poros, beba bastante água e ao menor sinal de cansaço encontre um lugar fresco e se mantenha tranquilo por algum tempo. 

Continua na Parte II.